Brasil é considerado o segundo país mais complexo do mundo para se fazer negócios

A América Latina é a região mais difícil para as empresas operarem, sendo que a Argentina está no topo da tabela pelo segundo ano consecutivo.

Londres, Reino Unido, Quarta-feira 29 de janeiro de 2015 - O Brasil foi classificado como o segundo país mais complexo do mundo para operações de corporações internacionais, de acordo com o Índice Global de Referência de Complexidade da TMF Group.

O estudo anual realizado pela TMF Group, um provedor líder global de serviços de negócios e de compliance, classificou 81 jurisdições em toda a Europa, Oriente Médio, África, Ásia-Pacífico e Américas de acordo com sua complexidade para se fazer negócios a partir da perspectiva de regulamentação e compliance. O relatório completo pode ser obtido no website:

De acordo com o índice, o Brasil subiu 15 posições na classificação em relação ao ano passado, ultrapassando a Bolívia, que caiu para a terceira posição. A Argentina se mantém no topo do ranking pelo segundo ano consecutivo; os três primeiros lugares são ocupados por países latino-americanos, que também representam metade das 20 primeiras posições do índice.

"O Brasil tem tido uma das histórias de crescimento mais empolgantes da década passada, sendo que a Copa do Mundo e as Olimpíadas só fortalecem a posição do país como um mercado de destaque para investimentos globais", explica Ricardo Aquino, Diretor Executivo da TMF Group no Brasil. "No entanto, as reformas de suas leis e regulamentações para a abertura e gestão de uma empresa não se adaptaram à taxa com que a economia cresceu, apresentando muitos obstáculos para empresas do exterior."

A pesquisa da TMF Group identificou que os sistemas legais locais são uma das principais causas da complexidade do ambiente regulatório. Os países que operaram um quadro de direito civil, incluindo muitos países latino-americanos, eram tipicamente mais altos do que aqueles em que a lei comum é empregada.

Por exemplo, no Brasil, o ambiente é altamente regulamentado e burocrático, o que significa que as empresas enfrentam um grande desafio ao lidar e se manter em compliance localmente. Exigem-se, em média, 13 processos e 119 dias de trabalho para estruturar um novo negócio no Brasil, e a obtenção das licenças necessárias para construção exige em média 17 processos e 469 dias, no caso de quaisquer licenças específicas que são exigidas pelas agências reguladoras.

O Brasil, no entanto, está adotando medidas e ações para melhorar o âmbito. Destacamos a Lei 12,973, que entrou em vigor em janeiro de 2015, e que é vista como uma das reformas mais amplas e profundas do sistema de imposto de renda do país em mais de 30 anos. Entre os seus benefícios estão a simplificação dos registros fiscais e contábeis, retirando a exigência anterior "Regime Tributário de Transição" para as empresas manterem dois conjuntos de contas oficiais, o que causou muitos problemas e diferenças de interpretação.

"Embora existam muitas complexidades associadas com a realização de negócios no Brasil, não se deve desencorajar as empresas a se estabelecerem aqui", acrescenta o Sr. Aquino. "Esses resultados mostram o quanto é importante para as empresas que se estabelecem pela primeira vez no Brasil, ou mesmo em toda a região da América Latina, a ter nível adequado de conhecimento e suporte local para ajudá-los a reduzir a carga administrativa, para que eles possam focar no que eles fazem de melhor."

Resumo dos Resultados:

Argentina (1), Brasil (2) e Bolívia (3) são classificados como os países de maior complexidade.

México (6) e Paraguai (8) também deram um salto no ranking de #30 e #38, respectivamente em 2013

Polónia (7) é o único país europeu a figurar entre as 20 primeiras posições, apesar de uma reforma significativa, e em parte graças a sistemas e leis herdadas da antiga União Soviética

Também entre as 10 primeiras posições, estão os Emirados Árabes Unidos (4) e as economias emergentes da Coréia (5), Indonésia (9) e Tailândia (10)

Irlanda (79), Hong Kong (80) e Jersey (81) foram classificados como os países de menor complexidade

Para mais informações, favor contatar:

Justin Griffiths, Karen Le Cannu or Georgianna Vaughan
Powerscourt
Tel: +44 (0) 20 7250 1446
tmf@powerscourt-group.com

Sobre TMF Group:A TMF Group é uma provedora global, líder na prestação de serviços com alto valor para seus clientes que operam e que investem globalmente. Concentra-se na prestação de serviços altamente especializado e crítico, como: negócios de recursos financeiros, humanos, legais e administrativos que permitem aos clientes a operarem suas estruturas corporativas, veículos de financiamento e fundos de investimento em diferentes localizações geográficas. A TMF Group tem operações em mais de 80 países, nas Américas, Ásia-Pacífico, Europa e Oriente Médio.

www.tmf-group.com

Tabela completa de índice de complexidade: (veja abaixo)

2013

2014

Ranking

País

Região

 

2013

2014 Ranking

País

Região

1

1

Argentina

AMÉRICAS

 

26

41

El Salvador

AMÉRICAS

17

2

Brasil

AMÉRICAS

 

42

42

Eslováquia

EMEA

2

3

Bolívia

AMÉRICAS

 

32

43

Hungria

EMEA

4

4

Emirados Árabes

EMEA

 

36

44

Índia

APAC

14

5

Coréia do Sul

APAC

 

38

45

República Checa

EMEA

30

6

México

AMÉRICAS

 

53

46

Finlândia

EMEA

7

7

Polônia

EMEA

 

54

47

Bermudas

AMÉRICAS

35

8

Paraguai

AMÉRICAS

 

55

48

Espanha

EMEA

5

9

Indonésia

APAC

 

49

49

Sérvia

EMEA

6

10

Tailândia

APAC

 

64

50

Alemanha

EMEA

11

11

Japão

APAC

 

65

51

Israel

EMEA

8

12

China

APAC

 

43

52

Panamá

AMÉRICAS

13

13

Filipinas

APAC

 

44

53

EUA

AMÉRICAS

24

14

Vietnã

APAC

 

50

54

Aruba

AMÉRICAS

40

15

Malásia

APAC

 

56

55

Noruega

EMEA

3

16

Peru

AMÉRICAS

 

67

56

Jamaica

AMÉRICAS

9

17

Nicarágua

AMÉRICAS

 

57

57

Luxemburgo

EMEA

18

18

Venezuela

AMÉRICAS

 

69

58

Curaçao

AMÉRICAS

19

19

Chile

AMÉRICAS

 

59

59

Cingapura

APAC

15

20

Equador

AMÉRICAS

 

41

60

Áustria

EMEA

28

21

Colômbia

AMÉRICAS

 

61

61

África do Sul

EMEA

31

22

Taiwan

APAC

 

62

62

Eslovênia

EMEA

23

23

Honduras

AMÉRICAS

 

45

63

Itália

EMEA

10

24

Cazaquistão

EMEA

 

48

64

Labuan

APAC

22

25

Ucrânia

EMEA

 

51

65

Bulgária

EMEA

29

26

Rússia

EMEA

 

70

66

Malta

EMEA

33

27

Croácia

EMEA

 

71

67

Ilhas Cayman

AMÉRICAS

34

28

Egito

EMEA

 

76

68

Holanda

EMEA

37

29

Uruguai

AMÉRICAS

 

52

69

Mauritius

EMEA

46

30

Quênia

EMEA

 

78

70

Dinamarca

EMEA

47

31

Bélgica

EMEA

 

79

71

Ilhas Virgens Britânicas

AMÉRICAS

12

32

Turquia

EMEA

 

81

72

Nova Zelândia

APAC

16

33

Romênia

EMEA

 

73

73

Barbados

AMÉRICAS

20

34

República Dominicana

AMÉRICAS

 

74

74

Reino Unido

EMEA

27

35

França

EMEA

 

75

75

Guernsey

EMEA

60

36

Chipre

EMEA

 

58

76

Austrália

APAC

66

37

Suécia

EMEA

 

63

77

Puerto Rico

AMÉRICAS

21

38

Guatemala

AMÉRICAS

 

72

78

Bonaire

AMÉRICAS

39

39

Costa Rica

AMÉRICAS

 

80

79

Irlanda

EMEA

25

40

Suíça

EMEA

 

68

80

Hong Kong

APAC

 

 

 

 

 

77

81

Jersey

EMEA