Como construir um time de compliance pronto para a recuperação

Um time de crescimento pronto para a expansão bem-sucedida dos negócios precisa ser construído com um plano para o compliance com regulações locais desde o início.

Com a passagem do pico da pandemia de COVID-19 e empresas emergindo de seus modos de sobrevivência, muitos estão olhando com esperança para o futuro, e avaliando seus planos de crescimento para analisar o que pode ser possível.

Ainda que qualquer estratégia tenha indubitavelmente que ser ajustada para levar o cenário econômico em conta, as empresas ainda precisam prestar atenção para fazer o básico corretamente. Mesmo que alguns países tenham temporariamente aliviado seus requerimentos para dar espaço para empresas responderem à COVID-19, estar em compliance é um precursor fundamental para qualquer plano.

Empresas investindo tempo e esforços nesta área têm uma chance significativamente maior de se recuperar e crescer.

“Projetos governamentais permitiram que uma variedade de indústrias atrasasse o compliance e envio de relatórios”, afirma Leila Szwarc, Head Global de Compliance e Serviços Regulatórios Estratégicos na TMF Group. “Mas em última instância, eles não podem ser adiados para sempre. À medida em que as prioridades se realinham, o compliance precisa ser incluso nas estratégias de alto nível.”

Não há um projeto único para construir uma estrutura de compliance. Ele se inicia a partir da visão da empresa em relação ao que é necessário em termos de sistemas e estruturas para a operação de novos negócios e como estes se encaixam com o que é feito globalmente. Processos existentes podem ser a base. No entanto, pensar que eles podem ser estendidos e replicados completamente em novos territórios é um erro comum.

Não estar em compliance com leis locais – fiscais, trabalhistas ou de privacidade, por exemplo – pode fazer com que planos de recuperação mal saiam do papel.

Além disso, é necessário haver um monitoramento constante das mudanças nos requerimentos de cada jurisdição. Isto é exemplificado pela rápida evolução de regulações de privacidade, que estão sendo lançadas em ritmos variados em diferentes localidades. Os desenvolvimentos podem afetar as práticas de trabalho, normas culturais e capacitações em cada escritório da empresa. 

A clareza comercial é essencial

Ainda que a crise de COVID tenha colocado muitos planos de expansão na gaveta, Szwarc afirma que novos empreendimentos não estão sendo abandonados, apenas adiados.

Quando eles ressurgirem, ter a estrutura legal correta será fundamental, permitindo que empresas se registrem, empreguem pessoas, abram contas bancárias, obtenham identificações fiscais e estejam prontas para outras funções centrais.

À medida em que se cresce, Szwarc chama a atenção em relação a espelhar as estruturas existentes da matriz. “Há um conceito comercial errado de que você pode enviar qualquer pessoa para um novo território e expandir seus negócios, mas este definitivamente não é o caso. Você precisa de pessoas com talentos, redes e conhecimento específicos.”

O que as autoridades querem

Consultores locais são fundamentais para ajudar o time de crescimento a lidar com as complexidades, especialmente no ambiente pós Covid-19, reconciliando-as com o que a empresa quer fazer.

Ainda que haja variações nos requerimentos de acordo com o país, os propósitos gerais das leis são bastante similares. Empresas focam algumas vezes nas muitas diferenças, enquanto deveriam estar olhando para os princípios gerais em comum que tornarão mais fácil estabelecer uma cultura de compliance mais ampla.

Entender o cenário geral – e os itens específicos estabelecidos nas jurisdições – ajudará empresas a lidar melhor com os requerimentos de compliance. E isto é cada vez mais importante à medida em que as empresas buscam se expandir internacionalmente no mundo pós-coronavírus. Há pouco espaço para correr riscos ou cometer erros.

Uma abordagem completa e vigilante em relação ao compliance deve ajudar a manter os planos em andamento sem maiores problemas não inicialmente, mas a longo prazo.

“Todos os clientes com os quais nós lidamos estão em um ritmo frenético e fazendo o melhor que podem durante a crise”, afirma Szwarc. “Bem como apoiando o treinamento e bem-estar de seus funcionários. Muitas empresas estão também encontrando oportunidades para se reinventar.”

Quer saber mais sobre nossos serviços e como podemos ajudar sua empresa? Entre em contato conosco.