Ir para o conteúdo
Managing Director of Argentina, Uruguay and Paraguay
Publicado
09 abril 2018
Tempo de leitura
4 minutos

Considerações culturais ao fazer negócios na Argentina

A Argentina é um país enorme; o oitavo maior do mundo e o segundo na América Latina. Com a segunda maior economia da região, abriga diversas indústrias e é atrativa tanto para o turismo quanto para o comércio.

A maior parte da população é descendente da onda de imigração europeia nos séculos XXI e XX, especialmente de Espanha e Itália. Por isso, a Argentina é hoje o maior país cuja língua oficial é o espanhol.

As tradições culturais são muitas e variadas – muitas delas de origem europeia. O cenário de artes é particularmente vibrante e a Argentina é conhecida por danças empolgantes, em especial o tango.

Uma boa compreensão dos valores e crenças da cultura local no geral, e de como eles podem afetar os negócios na Argentina, é vital para o sucesso de seus empreendimentos neste país. Orientação e ajuda locais podem ser inestimáveis e algumas das dicas a seguir lhe serão úteis.

Primeiras impressões são importantes

Seja pontual em reuniões, mas esteja preparado para esperar, especialmente se você está indo encontrar alguém importante. Decisões em geral são tomadas pelos que ocupam cargos mais importantes, então tente agendar reuniões com pessoas do nível mais alto possível e, em geral, com várias semanas de antecedência. Encontros face a face são cruciais para o sucesso de negócios na Argentina, onde discussões via telefone ou comunicação escrita são vistas como muito impessoais. Há alguns títulos que devem ser utilizados no país. Em situações formais, é correto tratar pessoas por seu grau de formação, como “Doutor” ou “Professor”. Você também pode utilizar títulos por respeito, de acordo com o gênero: “Señor” para homens, “Señora” para mulheres mais velhas ou casadas e “Señorita” para mulheres mais jovens ou solteiras.

Etiqueta em reuniões

Convidados em uma reunião geralmente são cumprimentados e levados às suas cadeiras, por ordem de senioridade e à frente de seus equivalentes da outra empresa. Os cumprimentos em contextos formais comumente se resumem a apertos de mãos, sempre mantendo o contato visual. O membro mais sênior ou mais velho comumente é cumprimentado primeiro. Informalmente, os argentinos em geral se mantém bem próximos durante conversas. Tocar o ombro de alguém é um sinal de amizade e cumprimentar com um beijo e um breve abraço, independentemente do gênero, é comum quando entre amigos ou família. Esteja preparado para conversas informais antes de realmente falar de negócios. Ir direto ao assunto é considerado indelicado. Bons tópicos para discussão incluem esportes, em especial futebol, ou entretenimento, como música e filmes. Evite falar sobre política e assuntos sensíveis – em particular sobre a Guerra das Malvinas. Durante reuniões, fique relaxado, evite o uso de gestos manuais, e não use táticas agressivas de negociação. A vestimenta para estes tipos de reuniões é geralmente formal e conservadora – ternos para homens e roupas formais para mulheres. É recomendado estar bem vestido e apresentável, já que a aparência é muito importante para os argentinos.

Linguagem de negócios

Ainda que o espanhol seja a língua oficial, ele é influenciado pelo italiano e levemente diferente do que é falado na Espanha. No entanto, um bom domínio do espanhol europeu ainda será uma vantagem, já que os negócios geralmente são feitos nesta língua. A população é culta e o inglês é muito falado nas grandes cidades, especialmente na capital Buenos Aires.

Conduzindo negócios

O dia de trabalho tradicional vai das 8/9 às 17/18, com uma siesta de três ou quatro horas no meio do dia. No entanto, enquanto estas práticas são comuns nas províncias, a vida corporativa na cidade tende a seguir o horário mais tradicional das 8 às 17 horas. O ritmo das negociações pode ser mais lento que o normal. Uma reunião que está indo bem pode demorar muito mais que o esperado, ainda que isto signifique adiar o próximo compromisso.

Argentinos gostam de discutir e negociar, então finalizar um acordo pode levar várias reuniões e debates extensivos. Contratos em geral são longos e detalhados; e não finalizados até que todos os elementos sejam assinados. É importante ter tudo por escrito. A burocracia pode ser intensa, o que torna o suporte local e orientação extremamente recomendados. 

Construindo relacionamentos

Argentinos em geral são pessoas ligadas às suas famílias, o que se traduz na maneira com que conduzem suas atividades. Relações pessoais e íntimas são muito valorizadas, então é importante nutri-las. Em negociações difíceis, bons relacionamentos entre as partes acelerará o processo. Membros mais velhos são respeitados e a lealdade é dada mais a indivíduos que a empresas. A honra é muito importante, então a correção ou crítica públicas a um parceiro de negócios não é bem vista. Apesar disso, os argentinos podem ser muito diretos, até mesmo rudes, mas geralmente têm muito tato. Não se esperam presentes em relações comerciais até que um relacionamento pessoal tenha se desenvolvido.

Apoio local e orientação por experts

Os times profissionais legais, de contabilidade e de RH da TMF Group estão presentes na Argentina desde 2005. Nosso estafe experiente inclui membros dos corpos fiduciários, contábeis e de impostos locais e a empresa é um membro ativo nas comunidades locais de negócios e comércio. Nossos clientes incluem mais de 400 empresas locais e multinacionais de diversos setores.

A TMF Group na Argentina tem o conhecimento local e a expertise para guiar você através das complexidades de se fazer negócios neste país. Fale conosco.