Ir para o conteúdo
Former Managing Director
Publicado
18 abril 2018
Tempo de leitura
4 minutes

Considerações culturais ao fazer negócios no Chile

Em um país com mais de 6000km de comprimento e 18 milhões de habitantes, é inevitável encontrar grandes diversidades em costumes. Aqui, discutimos alguns aspectos culturais gerais que podem ser úteis quando fazendo negócios no Chile.

O Chile tem uma das economias mais sólidas da América Latina, com um produto interno bruto (PIB) de US$ 247 bilhões em 2016 e acordos de livre comércio com mercados que representam quase dois terços da população mundial. O país foi o primeiro da América do Sul a se juntar à OECD (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico). É também membro associado do MERCOSUL, membro da APEC e membro fundador da União das Nações Sul Americanas (UNASUR).

De acordo com o ranking de ambientes para negócios do a Unidade de Inteligência do The Economist (EIU), o Chile está entre os 20 melhores países para se fazer negócios, sendo o primeiro latino-americano da lista. 

Quanto aos aspectos culturais, o Chile tem uma forte identidade nacional. No entanto, a diversidade geográfica do país – que cobre cerca de 6000 km na América do Sul – ocasiona uma grande variedade de costumes.

Datas importantes

É importante avaliar antecipadamente que datas podem ou não ser apropriadas para se fazer negócios no Chile. 

Por exemplo, a maioria dos chilenos tendem a tirar férias em fevereiro, o que afeta a disponibilidade de executivos para reuniões com visitantes. Além disso, durante a Semana Santa (entre março e abril, dependendo do ano), que é comumente celebrada na América Latina, as empresas fecham por pelo menos dois dias. Subsequentemente, entre os dias 17 e 20 de setembro (novamente, dependendo do ano), o Chile celebra o Dia da Independência e os Dias Patrióticos, que também afetam o funcionamento normal das empresas.

Tratamento

Em termos gerais, os chilenos são pessoas solidárias, receptivas e amigáveis. Eles também tendem a ser formais quando lidam com pessoas, especialmente durante negociações. Assim, é aconselhável usar uma linguagem formal quando falando com seu anfitrião e seus colegas, e cumprimenta-los somente com um aperto de mãos.

Pontualidade e formalidade

A pontualidade é fundamental para qualquer pessoa que esteja fazendo negócios no Chile. É importante se preparar e cumprir o horário pré-agendado para a reunião, levando em conta que grandes cidades no Chile também têm problemas de tráfego.

É comum começar encontros com a troca de cartões de visita e conversas mais leves e pessoais antes de falar sobre negócios.

Transparência

O Chile tem um baixo nível de corrupção e a comunidade corporativa acredita firmemente na transparência. Quando se faz negócios com um novo parceiro, é comum realizar o due dilligence, a fim de corroborar as credenciais e a autenticidade da empresa em questão, através de processos como o Conheça Seu Cliente (KYC). Por este motivo, não é recomendável intervir ou tentar alterar ou acelerar os processos comerciais localmente, já que isto pode ser interpretado como uma tentativa de corrupção.

Assuntos legais

Contratos comerciais no Chile são completados quando executados e nenhuma mudança ou negociação pode ser feita após a assinatura, ao contrário de alguns países onde a assinatura do documento marca o início do processo de negociação.

Presentes

Souvenirs, itens de escritório, tais como canetas ou pen drives são presentes recebidos em geral como um sinal de agradecimento do visitante ou anfitrião. Assim como em muitos outros países, oferecer presentes, atividades ou viagens caras é visto no Chile como uma tentativa de suborno e é proibido por políticas na maior parte das empresas.

Língua

Saber se comunicar bem em espanhol pode ser de grande ajuda para estrangeiros que estão fazendo negócios no Chile. Ainda que a maioria dos executivos locais seja bilíngue e acostumados a negociar em inglês, atendentes em restaurantes, hotéis, táxis e lojas no país podem ter pouco ou nenhum conhecimento em outras línguas.

Horas de trabalho

Ao contrário de alguns países, como os Estados Unidos, por exemplo, onde pode haver trabalho 24 horas por dia, e receber e-mails tarde da noite é comum, os chilenos tendem a respeitar suas obrigações dentro do horário pré-estabelecido.

Contate nossos experts locais

A TMF Group tem o conhecimento local para ajudar você a identificar aspectos culturais relevantes no Chile e a enfrentar qualquer desafio ou oportunidade que eles possam oferecer ao seu negócio. Quer você queira estabelecer uma nova empresa no Chile ou simplesmente otimizar suas operações localmente, fale conosco.

Saiba mais sobre a TMF Group no Chile.