China classificada como o lugar mais complexo do mundo em compliance contábil e fiscal

Brasil, Itália, França, México estão entre os 10 países mais complexos. Ilhas Cayman, BVI, Jersey e Hong Kong representam os lugares menos complexos do mundo em compliance financeiro.

A China é o lugar mais complexo do mundo em compliance contábil e fiscal, seguida pelo Brasil, Turquia, Itália e Argentina - de acordo com o segundo Índice de Complexidade Financeira 2018 anual da TMF Group.

O principal fornecedor de serviços globais de negócios e compliance classificou 94 jurisdições na Europa, Oriente Médio, África, Ásia-Pacífico e Américas; com 1 sendo a mais complexa e 94 a menos complexa. Pelo segundo ano consecutivo, as Ilhas Cayman foram classificadas como o local menos complexo em compliance sob uma perspectiva contábil e tributária.

Para determinar as classificações com seus especialistas nos países, a TMF Group utilizou uma pesquisa de 74 perguntas com parâmetros de complexidade ponderados, a saber: compliance regulatória, impostos, relatórios estatutários e contabilidade.

AS 10 JURISDIÇÕES MAIS COMPLEXAS EM COMPLIANCE FINANCEIRO

  1. China
  2. Brasil
  3. Turquia
  4. Itália
  5. Argentina
  6. França
  7. Bolívia
  8. Colômbia
  9. México
  10. Rússia

JURISDIÇÕES MAIS COMPLEXAS POR CADA PARÂMETRO DE COMPLEXIDADE

JURISDIÇÕES MAIS COMPLEXAS POR CADA PARÂMETRO DE COMPLEXIDADE

RESUMO DOS RESULTADOS

A maior economia da Ásia-Pacífico agora é a mais complexa do mundo em contabilidade e impostos. A China ocupa o primeiro lugar, impulsionada em grande parte pela incorporação contínua do Golden Tax System, que visa introduzir um monitoramento mais rigoroso e aprimorar a classificação e a transparência dos dados.

No Oriente Médio, a Turquia perdeu o primeiro lugar neste ano, conforme os esforços do governo para simplificar a regulamentação começam a surgir. Enquanto isso, a introdução de um IVA pelos EAU - em linha com as obrigações do tratado para todo o Golfo - faz com que esta jurisdição até então simples suba nos rankings.

A Europa Ocidental é um lugar menos simples para fazer negócios do que alguns imaginam, com a França e a Itália entre as 10 mais complexas. O aumento da complexidade da França ocorre justamente quando seu novo governo inicia um processo de simplificação favorável às empresas.

A América do Sul e Norte compreendem, em conjunto, metade das 10 jurisdições mais complexas do mundo em termos de compliance contábil e fiscal. Nos últimos 12 meses, diversos países iniciaram o processo de introdução de registros digitalizados para contas de empresas. Isso gerou um pico de complexidade de curto prazo.

As jurisdições menos complexas do Índice de 2018 permanecem praticamente inalteradas desde o ano passado, embora os Emirados Árabes Unidos representem uma mudança notável nos 10 países menos complexos.

Comentando as classificações, a Diretora Global de Linhas de Serviço da TMF Group, Deborah Williams, afirmou: “Nosso segundo Índice de Complexidade Financeira é dominado pelo impacto do movimento global em direção à transparência e compliance. Estamos testemunhando muitos países aprovando reformas para simplificar suas economias não apenas para atrair investimentos, mas também para assegurar que o país atenda os requisitos de compliance para movimentos como o projeto de Base Erosion and Profit Shifting (BEPS) da OECD e o Common Reporting Standard (CRS).

“Cada jurisdição está enfrentando essas questões globais de uma maneira diferente, e picos de complexidade de curto prazo são comuns. No entanto, esperamos que as iniciativas reduzirão a complexidade contábil e tributária nessas jurisdições no futuro.

“Curiosamente, embora uma das principais tendências em compliance financeira global continue sendo o impacto futuro da tecnologia, os resultados do nosso Índice nos dizem que menos jurisdições estão preocupadas com a segurança cibernética e a privacidade de dados. A introdução do Regulamento Global de Proteção de Dados (GDPR) na Europa em maio de 2018 e suas ramificações mundiais para os negócios podem fazer com que essa tendência aumente no índice do próximo ano.

“Em se tratando do sucesso comercial transfronteiriço, conhecer e entender os requisitos locais para o compliance financeiro pode ser fundamental. Buscar o apoio de especialistas nos países – como nós – permite que empresas de todos os portes mantenham o foco nos seus negócios principais”.

Para baixar o relatório completo, visite o site: www.tmf-group.com/FCI2018

 

NOTAS AOS EDITORES

Para mais informações, entre em contato com: 
Carlie Bonavia: carlie.bonavia@tmf-group.com